Setor agropecuário perde quase 6,0 mil postos de trabalho no último ano

O setor agropecuário perdeu 5,95 mil postos de trabalho formais nos últimos 12 meses, revelou o relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgado na quinta-feira, dia 20/2, pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O número corresponde à diferença entre 1.213.201 admissões e 1.219.154 demissões no período de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014, representando uma queda de 0,4%.

Já na análise do mês de janeiro deste ano, o levantamento informa que o setor gerou 3.745 mil vagas formais de emprego, um crescimento de 0,2% em relação a dezembro de 2013. Segundo o CAGED, a elevação do emprego na agricultura durante esse período pode ser atribuída principalmente às atividades de cultivo de frutas de lavoura permanente, com exceção das culturas laranja e uva.

Em janeiro, a maior geração de vagas do setor ocorreu na região Sul (8,63 mil), seguida pelo Centro-Oeste (6,46 mil) e Norte (74). Já as regiões Nordeste e Sudeste registraram desempenho negativo, -2.998 e -8.424, respectivamente.

Resultado geral

No resultado geral do país, o CAGED registrou a criação de 29.595 mil vagas formais em janeiro, equivalente ao crescimento de 0,1% em relação ao estoque de empregos do mês anterior. Nos últimos 12 meses, verificou-se a criação de 1.045.848 postos de trabalho, uma expansão de 2,6%.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s