Governo já pensa em aumento na conta de luz para evitar apagão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs ao governo federal que antecipe as chamadas “bandeiras tarifárias” nas cobranças de contas de luz, que implicam cobrança maior dos consumidores conforme o nível dos reservatórios. Uma entrevista coletiva foi convocada pelos Ministérios de Minas e Energia e da Fazenda.

As bandeiras tarifárias já aparecem nas contas de luz nas bandeiras verde, amarela e vermelha, mas a previsão de cobrança extra conforme o nível dos reservatórios, que entraria em vigor em 2014, foi suspensa pelo governo em razão das eleições.

Pela previsão atual, a partir do próximo ano, se a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) considerar que a região onde o consumidor está merece a bandeira amarela, as contas pagarão mais R$ 1,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos. Se a bandeira for vermelha, será de R$ 3,00 para cada 100 kWh, conforme valores já indicados pela Aneel, mas sujeitos a alterações. A variação percentual, nesses casos, dependerá do preço da energia cobrado por cada uma das distribuidoras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s