Sinal dos tempos: pecuária perde área e eleva produtividade com custos mais altos

A maior concorrência por terra favorece outras culturas, como soja e cana, reduzindo as áreas ocupadas com pastagem. Nesse contexto, pecuaristas têm buscado elevar a produtividade. Um estudo feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) contatou um aumento expressivo de produtividade na pecuária nos últimos anos.

Nas propriedades que utilizam os regimes de recria e engorda do rebanho, entre 2002 e 2013, a quantidade de animais por hectare subiu 44% na região Sul e 43% no Centro-Oeste. Na região Sudeste e na Bahia, a ampliação foi de 24%, enquanto na região Norte, a ampliação foi de 21%. Este cenário, afirma o estudo, é reflexo da redução das áreas de pastagem, substituídas por culturas como soja e cana-de-açúcar.

“Pecuaristas têm buscado elevar a produtividade por meio do manejo de pastagem, otimização de técnicas de produção, ou, ainda, por meio da integração lavoura-pecuária”, justifica o boletim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s