Dilma não falará na abertura da Copá com medo de ser vaida

A cerimônia de abertura da Copa do Mundo não terá discursos da presidente Dilma Rousseff para evitar vaias, como aconteceu durante a Copa das Confederações. O anúncio foi feito hoje pelo mandatário da Fifa, Joseph Blatter. “Vamos fazer a cerimônia de uma maneira em que não aconteçam discursos”, disse Blatter, em entrevista à agência de notícias alemã DPA.

Dilma e o presidente da Fifa foram alvos de fortes vaias na cerimônia de abertura da Copa das Confederações, em Brasília, no ano passado.

A cerimônia de abertura da Copa do Mundo será realizada no dia 12 de junho, no Itaquerão, antes da primeira partida da competição, entre Brasil e Croácia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s